CONSTRUÇÃO DE BRAÇO INTEIRIÇO

By Gustavo Sá Fortes - 05:15




Continuando a nossa série de posts sobre a construção de braços hoje vamos falar sobre o BRAÇO INTEIRIÇO.

O braço inteiriço é entre os tipos de construção de braço a mais trabalhosa e a que no final acaba sendo a mais cara mas que também é a que oferece o maior sustain e consistência na sonoridade das notas uma vez que por se tratar de uma peça única de braço que atravessa o corpo a ressonância é muito mais uniforme do que uma construção em duas peças seja tanto braço colado quanto aparafusado.

Como é que funciona este tipo de construção?

Quando se fala de braço inteiriço algumas pessoas pensam que se trata de um instrumento em que o braço e o corpo são uma peça só, mas isso não é bem assim.


Na foto acima vemos um baixo Cort A4 que tem construção em braço inteiriço, o que podemos perceber pela foto é que o braço é construído em uma peça que se estende até o final do corpo (madeira clara com as longarinas escuras no meio) e as laterais são coladas nesta peça e moldadas no formato de instrumento que se deseja.

No caso do Cort A4 vemos que o braço inteiriço em si é construído em 5 peças  alternadas de Maple e Wenge, o uso do wenge visa além dar um belo visual com o contraste das madeiras clara e escura deixa também a construção mais robusta em geral. E a foto já deixa claro o significado do nome em inglês “Neck-thru body” que se dá a este tipo de construção que significa “Braço através do Corpo” uma vez que o braço de fato “atravessa” o corpo do instrumento, ele não é unido através de cola ou parafusos.


Olhando as fotos também podemos perceber um dos fatores que deixam a construção de braço inteiriço cara. No caso de um baixo, e falando especificamente do nosso exemplo que é o Cort A4 você de primeira precisa de 03 ripas de Maple e 02 de Wenge de cerca de 1 metro e meio ( contando que vão haver cortes e vai ser bastante lixado). Este é o primeiro ponto uma vez que são madeiras que tem um custo alto.


Um detalhe interessante é que o braço precisa ser construído deixando-se uma elevação onde vai ser encaixar a escala e vai servir como a “divisão” entre o braço e o corpo do instrumento. E este é outro detalhe de marcenaria que os luthiers precisam prestar bastante atenção ao construir este tipo de braço pois qualquer erro pode comprometer todo o instrumento.


Na foto acima temos um exemplo da construção de braço inteiriço numa guitarra, a Ibanez Prestige RGT 220Z, guitarra que faz parte da linha top de instrumentos da Ibanez. Por coincidência as madeiras utilizadas na construção desta guitarra são as mesmas do Cort A4, Maple e Wenge. Mas a diferença, como podemos perceber é o tamanho do filete de wenge e a distância  entre um e outro comparado ao Cort A4.

Fazendo a pesquisa para escrever este post descobri uma coisa muito bacana na internet. A Crimson Custom guitars é uma pequena empresa de construção de instrumentos localizada no Reino Unido e que constrói instrumentos realmente Custom, feitos à mão. O proprietário desta empresa e luthier chefe Ben Crowe lançou uma série de vídeos no youtube mostrando o passo-a-passo da construção de uma guitarra. Entramos em contato com ele e conseguimos uma autorização para utilizar os vídeos dele aqui no blog.

Um detalhe que vale a pena comentar é que a qualidade do vídeo em si é razoável, são vídeos praticamente caseiros mas a qualidade do trabalho de construção em si é impecável.

No primeiro vídeo abaixo Ben Crowe mostra um braço inteiriço em 03 peças já coladas sendo cortado e moldado e a colocação da escala.




No segundo vídeo a maior parte mostra a finalização do corpo mas a partir de 02:51 ele volta a trabalhar com o braço fazendo o raio da escala a mão !


No terceiro vídeo destes mostrados aqui Ben Crowe mostra a colagem final do braço inteiriço às abas laterais do corpo.



Infelizmente todas as explicações dadas no vídeo estão em inglês. Mas mesmo para quem não entende inglês apenas visualizar o processo já é muito esclarecedor.

Quem quiser conhecer mais sobre o trabalho da Crimson Guitars visite o site www.crimsonguitars.com






  • Compartilhe:

Você pode curtir também

5 comentários

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Ola eu tenho uma washburn WI-66PROF de braço inteiriço e por um acidente seu braço foi quebrado, gostaria de saber se é possivel trocar apenas o braço da guitarra e aonde conseguiria troca-lo. Me responda por comentario, estou interressado em arrumar se for possivel posso entrar em contato.

    ResponderExcluir
  3. Olá Gustable,
    Fui dar uma olhada em algumas fotos na internet pois não conhecia este modelo de guitarra. Pelas fotos que eu vi esta guitarra tem braço colado e não inteiriço. Tanto o braço colado quanto o inteiriço são mais difíceis e trabalhosos para se consertar. É claro que depende do dano que a guitarra sofreu, o que aconteceu com ela ? o braço partiu ?

    ResponderExcluir
  4. Como fica o tensor no braço interiço?

    ResponderExcluir
  5. O braço inteiriço empena com facilidade? Deixei a minha Schecter Synyster Custom umas duas semanas sem cordas. Isso sei que seria problema em guitarras com braço parafusado e colado, na neck-thru já não sei.

    ResponderExcluir