Marcas de Captadores (em edição)

By Leonardo Bizzo - 14:30


  Existem uma infinidade de modelos de pickups, dos mais simples, ao mais complexos, vamos apenas analisar  alguns, os mais famosos.



Gibson 490R


 Normalmente utilizado em Les Paul, possui um agudo cortante, e graves estremecedores, com médios  pouco articulados e talvez meio tímidos, ganho baixo, bom para solos melódicos com som limpo ou distorção, talvez embole um pouco com distorção extrema ou fraseados rápidos.



Gibson 490R


                                 Vídeo Gravado nos estúdios da Barramusic demonstrando a                                                                                Gibson Tribute 50' com captador 490r no braço


                                                                        
Gibson 498T  


Possui agudos afiados, médios articulados , e graves presentes. Bom para bases com saturação de válvula e solos mais rápidos, possui ganho moderado (apenas um pouco a mais que o 490R).



     Gibson 498T
                                                                 
                                 Vídeo Gravado nos estúdios da Barramusic demonstrando a                                                                                Gibson Tribute 50' com captador 498t na ponte                        



Gibson 496R


 Normalmente utilizado em Les Paul mais nervosas, possui um grave presente e potente, médios articulados, porém,mas não muito fortes, e um agudo cortante. Captador de ganho médio, ótimo para solos melodiosos com som limpo ou distorcido, é bom para fraseados mais rápidos do jazz ao hardrock. Talvez embole um pouco com distorções mais extrema ou não chegue muito no peso das guitarras de Heavy Metal.



 Gibson 496R

                                                             
                                                                     

Gibson 500T 


 Também muito utilizado em Flying V´s e Les Paul nervosas, este captador possui agudos cortantes e atravessantes, médios articulados , e um grave ótimo, com boa compressão. Indicado para bases saturadas, distorcidas ou para o peso do metal. É um captador de ganho mais alto, por isso, pode-se haver uma dificuldade para se domina-lo para o som limpo, mas ele produz uma sonoridade limpa legal, com médios brilhantes. E consegue facilmente um crunch.



    Gibson 500T


                                                     
Gibson 57´ Classic 


 Cópia fiel dos primeiros humbuckers P.A.F, possui aquele som vintage, e gordo, bastante encorpado. Muito utilizado por músicos de jazz e por guitarristas de classic rock, que procuram recriar os sons do passado. Médios bem abertos, graves proeminentes, e agudos não tão acentuados, saída baixa.



Gibson 57´ Classic

                                                         

Gibson 57´ Classic Plus  


O 57´ Classic, com agudos mais abertos, um pouco mais de ganho. Indicado também para sons vintages.



   Gibson 57´ Classic Plus

                                                             
                                                     



Seymour Duncan The 59´ Model 



 Captador famoso, é uma "réplica" dos famosos P.A.F produzidos pela Gibson. Possui um som cremoso, com graves balanceados, médios doces e articulados, e agudos não tão cortantes, é um captador bem equilibrado. De saída baixa, produz timbres vintages de primeira linha, sendo indicado para fraseados lentos e doces até a velocidade do jazz, fusion, etc. Funciona bem com sons distorcidos também.


Seymour Duncan The 59´ Model
                                       
               
                                           Canal Oficial da Seymor Duncan demostrando
                                                              o captador SH-1-n 59




Seymour Duncan Jeff Beck ou Jazz n´ Blues (J.B) Model


 Captador clássico da fábrica americana, possui um som nervoso, com bastantes agudos, médios  um pouco abafados e graves de tremer o chão. Captador de saida alta, indicado para solos rápidos com distorção, bases de hard rock e heavy metal, podendo haver também dificuldade de ser dominado para os sons limpos, aonde nestes predominam os médios escavados, tirando um pouco do brilho.



Seymour Duncan J.B


                                            Canal Oficial da Seymor Duncan demostrando
                                                              o captador SH-4-n JB






Seymour Duncan The Jazz Model 



 Captador grave, indicado para a posição do braço, possui um som ideal para o Jazz, tem médios mais presentes, e possui um brilho único do modelo, Ideal para tocar sons de Jazz contemporâneos, no estilo George Benson. Possui saída baixa, mas um som gordo, interessante e moderno, mas sem deixar de ser clássico. Foi descoberto por alguns músicos de heavy metal e estilo mais agressivos, pois consegue lidar com distorções mais pesadas sem perder a clareza das notas. Usado sempre na posição braço.



Seymour Duncan The Jazz Model


                                              Canal Oficial da Seymor Duncan demostrando
                                                              o captador SH-2-n Jazz






Seymour Duncan Invader 



 Captador de saída altíssima, indicado para distorções extremas, muito utilizado na posição ponte, por possuir graves demais para ser utilizado na posição braço, possui um ganho muito alto, o que prejudica muito seu timbre limpo. Embola um pouco as notas em solos mais rápidos, possui definição nos graves para bases. Indicado para bases de heavy metal e suas variantes e punk rock e suas variantes.



Seymour Duncan Invader



                                            Canal Oficial da Seymor Duncan demostrando
                                                              o captador SH-8-n invader






Seymour Duncan Distortion 



 O primo calmo do Invader, é um excelente captador, equilibrado em suas frequências, com saída alta, e boa captação de harmônicos, é muito utilizado por guitarristas de rock, que querem uma saída mais alta, mas sem perder definição. Legal para guitarras de corpo sólido, e possui um som limpo muito legal.



Seymour Duncan Distortion


                                             Canal Oficial da Seymor Duncan demostrando
                                                              o captador Distortion







Seymour Duncan Full-Shred 


 Versão para o braço do Distortion, possui poucas diferenças no projeto, captador muito bom, para guitarristas solistas de rock e suas variantes.



Seymour Duncan Full-Shred


                                            Canal Oficial da Seymor Duncan demostrando
                                                              o captador Full- Shred




Seymour Duncan Hot-Rails


 Captador parallel coils. Saída altíssima, muito usado no braço por guitarristas de rock e metal, não possui um som "clean"muito limpo, se comparado a um single coil , bastante graves e agudos, médios fechados, ruído praticamente zero. Excelente para solos. A versão para ponte, é ótima para solos e bases de heavy metal.



Seymour Duncan Hot-Rails


                                             Canal Oficial da Seymor Duncan demostrando
                                                              o captador Hot Hails





Seymour Duncan Classic Stack 



 Captador single-coil, indicado para quem procura timbres vintages de strato, porém sem ruído. Bastante brilho.



Seymour Duncan Classic Stack


















Dimarzio Evolution


 -Usado por Steve Vai, possui saida alta, é bastante estridente na ponte, com médios altos  e agudos muitos fortes, os graves presentes equilibram ele, possui muito ganho, capta harmonicos com facilidade, indicado para rock moderno e solos rápidos, pois possui boa definição nas notas. Fica bem legal com som limpo quando "splitado". A versão para braço, soa cheia e definida.




Dimarzio Evolution


                                        Vídeo gravado no estúdio da Barramusic demostrando                                                                                                 o captador Dimarzio evolution

Dimarzio The Breed  



Usado também por Steve Vai, é como o Evolution, porém com menos ganho e menos estridente, bastante equilibrado. Indicado para rock moderno com solos rápidos, fraseados velozes e arpeggios, possui ótimo som limpo, e boa definição nas notas. A versão para o braço soa menos cheia, mas porém possui médios controlados.




Dimarzio The Breed  





Dimarzio FRED 



 Usado por Joe Satriani, é um captador com características mais clássicas, porém com um toque de modernidade, com um pouco mais de ganho que um PAF normal, e com médios mais abertos, indicado para bases de rock e solos modernos, mas não para metal. Possui som limpo bom e satura com facilidade. Funciona bem tanto em combinação com humbuckers quanto com single-coils ou stackeds/parallels.

Dimarzio FRED




Dimarzio Paf Pro 



Um dos captadores mais versáteis que existem o PAF Pro pode ser utilizado tanto na ponte quanto no braço, se saindo bem em ambos os casos, possui um som definido, forte, mas sem ganho alto, saída moderada, com médios abertos, características um pouco mais vintage, muito indicado para bases e solos rápidos de rock com características mais clássicas e bases de hardrock dos anos 80.




Dimarzio Paf Pro



Dimarzio Tone Air Zone 



 Captador forte, com bastante graves. Posição ponte. Indicado para hardrock, rock moderno, saída alta, ganho alto, ótimo para bases e solos rápidos, possui ótima definição nas notas, médios fechados, agudos fortes, não capta harmônicos tão bem quanto o Evolution. Mas possui um crunch bastante grave (como muitos instrumentistas adoram). Usado por Paul Gilbert (Mr. Big/Racer X/Carreira Solo).



Dimarzio Tone Air Zone




Dimarzio Air Norton 



 Captador forte, indicado para a posição do braço, possui ganho médio e saída moderada/forte. Muito usado por músicos que precisam de definição extrema nas notas, com frequências bem equilibradas, realça e não modifica as características tonais da guitarra, normalmente. Usado por John Petrucci (Dream Theater).



Dimarzio Air Norton




Dimarzio HS-2 



 Captador stacked de características vintage, possui timbre equilibrado, com médios controlados, saída baixa e ganho muito baixo. Ideal para sons limpos, na posição da ponte em stratos, e para sons de jazz, e sons de rock na posição do braço. Possui uma característica diferente quanto splitado, dando origem a um timbre muito único (junto o ruído característico dos singles). Usado por Eric Johnson.



Dimarzio HS-2





Dimarzio HS-3 



Captador stacked de características vintage, parecido com o HS-2, porém com saída um pouco mais alta e ganho pouco mais alto. Possui médios mais abertos e agudos mais presentes. Muito utilizado para sons de Strato mais modernos sem ruído. Usado por Yngwie Malmsteen.


Dimarzio HS-3












EMG 81 




 Captador ativo de saída alta. Possui graves e agudos fortes e ganho absurdo. Muito usado por milhares de guitarristas de heavy metal. Normalmente utilizado na posição ponte, podendo ser usado na posição braço também. O favorito de 9 entre 10 guitarristas de metal, este pickup é extremamente moderno, não possui um som limpo muito melodioso, mas possui um som limpo bem usável, principalmente em dedilhados. Satura com extrema facilidade. Usado por : inúmeros guitarristas de metal (Metallica, Slayer, Korzus, Zakk Wylde, etc).








EMG 81





EMG 85 



 Captador ativo de saída alta. Possui características tonais parecidas com o EMG81, possui um som limpo mais melodioso e usável. Possui também os médios mais abertos. Ótimo para a posição para solos de metal, e muito usado na posição da ponte para bases de hardrock, e sons mais anos 80/inicio dos anos 90. Satura com facilidade em amplificadores do tipo valvulado.

EMG 85





EMG SA 




 Captador ativo de saída moderada. Indicado para stratos de som moderno. Muito utilizado no rock moderno, mas com menos peso, devido ao seu ganho inferior. Possui médios abertos , agudos presentes e controlados, e graves redondos. Soa cheio, melodioso e gordo. Considerado por muitos um captador "poderoso" devido ao seu timbre completo. Usado por David Gilmour (Pink Floyd).





EMG SA




EMG 89 



 2 captadores em 1. Possui tamanho de humbucker. Quando ligado na posição 1 (humbucker) ele é um EMG 85. Exatamente o mesmo. Quando ligado na posição 2 (single/split) ele é um EMG SA, exatamente o mesmo. Extremamente versátil por essa razão. Muitíssimo utilizado por músicos de estúdio no mundo inteiro. Usado também por Steve Lukather (Toto).





EMG 89












Fender Texas Special 



 Captador single-coil, clássico de stratos. Possui um som com médios abertos, agudos definidos e graves não muito presentes, muito utilizado por guitarristas de blues que querem imitar o timbre de Stevie Ray Vaughn. Possui saída moderada e ganho baixo. Indicado para Blues, sons limpos ou de distorções/drives leves.




Fender Texas Special




Fender Tex-Mex 



 Segunda linha dos Texas Special, possui mais ou menos as mesmas características, porém possui graves um pouco mais presentes, também indicados para blues/rock com distorções leves e sons limpos.




Fender Tex-Mex




Fender Noiseless 



 Captadores stacked. Prometem som de single, sem ruído. Porém possuem agudos menos brilhantes, gerando som menos "estalado" que os pickups comuns de Strato. Captador de ganho e saída baixas. Presente em Stratos e Teles mais modernas.


Fender Noiseless




Fender Hot Noiseless 



 Versão mais "quente" dos Noiseless, possui saída média e ganho moderado, possui graves mais presentes que o Noiseless e agudos mais presentes também. Satura com mais facilidade que o primo calmo. Muito usado por músicos de blues/country e que precisam de distorções um pouco mais fortes. Solistas normalmente.



Fender Hot Noiseless




Fender Vintage : Os captadores originais das Fender vintage. Possuem saída baixa, ganho baixo. Frequências equilibradas com ênfase nos médios agudos. Indicados para funk/blues/country/rockabilly e sons mais antigos. Possuem agudos presentes, e aquele "quack" característico, largamente utilizado, e bastante desejado por muitos guitarristas, largamente copiado por diversas empresas, muitas inclusive que clamam ter recriado o som igual e outras que clamam ter melhorado o som deste clássico do mundo guitarristo.




Captadores Fender

  • Compartilhe:

Você pode curtir também

0 comentários